AEA Jovem

Ramon Haik Salgado, Joyce Cristina Santos de Morais, Larissa Diniz Carvalho e Nathan Almeida

A AEA/SJCampos criou em outubro de 2010 o programa “AEA/SJCampos – Jovem”, formado por um representante da Diretoria da AEA/SJCampos, estudantes e jovens recém-formados em cursos universitários das áreas afins. O programa desenvolve diversos projetos, eventos e ações voltadas aos participantes com o objetivo de capacitar, valorizar e incentivar os mesmos. A iniciativa nasceu através de um programa já existente do CREA-SP denominado CREA-JOVEM, que tem como intuito a aproximação dos estudantes e jovens profissionais ao sistema profissional CONFEA/ CREA-SP. Com esta iniciativa a AEA/SJCampos aproxima-se de instituições de ensino superior da região, envolvendo estudantes e jovens profissionais em atividades de extensão relacionadas à Engenharia, Arquitetura e Agronomia, profissões vinculadas ao Sistema CONFEA/CREA.


Palavra do Presidente – Eng. Civil Carlos Vilhena

Manter-se capacitado, atualizado e inserido no mercado de trabalho é necessário dentro do exercício da profissão de qualquer arquiteto ou engenheiro, incluindo aqueles que estão iniciando a vida profissional. O AEA/SJCampos Jovem nasceu justamente com o objetivo de dar suporte aos estudantes, recém-formados e aos jovens profissionais que já estão atuando. Temos como foco aproximar esses jovens das áreas de geociências e tecnológicas da associação de classe, trabalhar a valorização profissional, a relação desses estudantes e jovens com o sistema CONFEA/CREA e estimular a participação deles na discussão dos problemas inerentes às áreas tecnológicas e de geociências da engenharia, arquitetura, urbanismo e agronomia. O jovem passa a entender a importância da entidade de classe e do registro em sua atuação. Hoje cargos do Conselho Consultivo da AEA/SJCampos, Suplentes de Conselheiros, representações junto aos órgãos públicos, entre outros, são ocupados por profissionais que já fizeram parte do AEA Jovem, por exemplo. Estamos criando lideranças para o futuro.


Palavra do Coordenador – Eng. Civil Alessandro Ferreira Alves

Quando entrei na AEA/SJCampos o AEA Jovem já existia e a principal atuação do programa na época era a realização das palestras de capacitação para estudantes e recém-formados. Por meio dos eventos realizados conseguíamos trazer os jovens para dentro da entidade, mostrar como a AEA/SJCampos atuava, falar sobre a importância do associativismo e disponibilizar a esse público as vantagens de serem associados, dentre elas os convênios, parcerias, capacitação e inserção no mercado de trabalho. O programa já atuava dentro das universidades, mas aos poucos ganhamos força e a participação nas semanas da Engenharia e Arquitetura se tornaram mais sólidas. Com a criação do Prêmio Jovem Talento o AEA/SJCampos Jovem deu um salto. Aproximamo-nos muito dos estudantes de arquitetura, e posteriormente engenharia e agronomia. Algum tempo depois se tornaram populares os grupos de WhatsApp e essa ferramenta incrementou ainda mais a participação dos estudantes e recém-formados. A essa altura o programa já tinha outras proporções e conseguimos dar ótima visibilidade às ações, além de contar com intensa participação dos jovens em eventos, conselhos, câmaras, entre outros.
Quando surgiu a oportunidade de criamos esta cartilha entendemos que o objetivo, além de identificar as principais frentes de trabalho do AEA/SJCampos Jovem para que fossem reproduzidas em outras associações, era de mostrar a essência daquilo que acreditamos ser o sucesso do programa, a intenção verdadeira de colocar o estudante em evidência e de criar um programa realmente voltado para eles. Nosso maior desejo é de que programas voltados aos jovens se desenvolvam em todas as cidades e que eles possam ser integrados entre eles.

É claro que não existe uma receita pronta. Cada entidade encontrará sua forma de trabalhar, criará uma identidade, programas e forma de atuação. E ao que nos compete e no que pudermos ajudar estaremos à disposição.

Atualmente já realizamos o auxílio na formação de grupos Jovens nas Associações de Mauá e Taubaté. Estamos em contato com Presidente Prudente e Mogi Mirim. Nosso objetivo é iniciar um programa de Núcleos Jovens dentro das associações e Núcleos Jovens Regionais em todo o Estado de São Paulo.


ETAPAS DO PROGRAMA

ETAPA 1 – Inserção nas Universidades

Membros do AEA/Jovem na UNIVAP – SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

As universidades são o berço da profissão e do profissional. É na universidade que os estudantes desenvolvem suas capacidades técnicas e também se descobrem enquanto indivíduos atuantes no mercado de trabalho e na carreira. A aproximação com as universidades é crucial para o sucesso do programa. Dentro desta etapa é possível desenvolver ações diversas e personalizadas para cada tipo de público. As parcerias podem ser firmadas por meio de palestras e apresentações nas semanas de engenharia e arquitetura sobre a entidade de classe, sobre o associativismo e sobre a importância de estarem conectados com outros profissionais. É importante que para essa atividade a entidade de classe tenha um material de apresentação bem estruturado e claro, que demonstre de forma sucinta o objetivo a ser alcançado e as vantagens disponibilizadas aos estudantes. Com autorização da universidade a Associação pode formular uma ficha de associação para levar aos eventos e começar a criar a base de estudantes associados. É importante ter em mente que as ações desenvolvidas não necessariamente resultam em associação imediata, mas dão visibilidade à entidade e criam proximidade com os estudantes. Desta forma eles se sentem valorizados e disseminam as informações passadas aos colegas.

AEA Jovem presente na Unip

Na AEA/SJCampos

Para a AEA/SJCampos essa etapa de aproximação das universidades foi uma das responsáveis pelo sucesso do programa. A participação dos profissionais da AEA/SJCampos nas Semanas de Arquitetura e da Engenharia nas universidades locais com stand para informações sobre associativismo e sobre a importância do registro profissional, além de palestras sobre o Sistema Confea-Crea-Mútua aos estudantes, gerou muitos frutos. Atualmente diversos cargos do Conselho Consultivo da AEA/SJCampos, Suplentes de Conselheiros, representações junto aos órgãos públicos, entre outros, são ocupados por profissionais que conheceram e iniciaram sua participação no AEA Jovem neste período.


ETAPA 2 – Acessibilidade e benefícios ao estudante e recém-formado

Alunos e integrantes do programa AEA Jovem durante cerimônia de entrega do Prêmio Jovem Talento 8ª Edição 2019

Além da capacitação e do aprimoramento profissional, é importante que a Associação seja um trampolim para o ingresso no mercado de trabalho e oportunize condições financeiras de associação, assim como benefícios e descontos por meio de parcerias que podem ser firmadas com empresas do setor e do interesse dos profissionais associados, sejam eles jovens ou profissionais já em atuação. Essa gama de benefícios pode ser ofertada a todos, com um diferencial voltado somente os estudantes e recém-formados quando se trata da implantação do programa Jovem. Nesta etapa é importante colocar os estudantes como prioridade para usar a rede de influência deles.

Na AEA/SJCampos

Na AEA/SJCampos a presidência e a diretoria conseguiram firmar boas parcerias que possibilitaram um plano exclusivo aos jovens e estudantes. Atualmente os que ainda estão na universidade podem se associar sem nenhum custo. Após se formarem, no primeiro ano a anuidade tem um desconto de 90% e no segundo ano o desconto de 50%, para após consolidada a atuação profissional o associado passe a contribuir com a anuidade em 100%. Além dos descontos aplicados os jovens associados têm acesso total aos benefícios oferecidos pela associação, como valores diferenciados para inscrição e cursos e palestras de capacitação, convênio médico-odontológico a preços acessíveis e benefícios oferecidos pelos convênios da AEA/SJCampos com escolas, academias, comércios, entre outros.


Etapa 3 – Capacitação e aprimoramento

AEA Jovem na vivita génica a OBRA DE AMPLIAÇÃO DA RODOVIA DOS TAMOIOS

Uma das melhores formas de levar os estudantes e jovens recém-formados para dentro das associações é por meio do aprimoramento e da capacitação profissional. Essa iniciativa pode ser realizada por meio de palestras, cursos, workshops, assim como visitas técnicas, excursões, entre outros. Independente da realidade financeira de cada entidade, o programa de capacitação pode ter início por meio de parcerias, permutas, divulgações da marca nas redes sociais e portal das associações, entre outras formas de fazer com que esses eventos aconteçam sem onerar a entidade de forma abrupta. Além de oferecer aos associados uma contrapartida ao valor pago na anuidade, os eventos atraem mais estudantes e as escolhas podem variar entre eventos gratuitos e eventos pagos. Para os eventos pagos é importante valorizar quem já é associado oferecendo taxas mais acessíveis.

Na AEA/SJCampos

O AEA/SJCampos Jovem participa e promove cursos e palestras técnicas voltados ao aprimoramento e capacitação, além da valorização e do crescimento profissional, visitas técnicas a grandes obras e fábricas, visitas às mais importantes feiras do setor, participação em Congressos e na Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia (SOEA). Todos os anos o AEA/SJCampos Jovem realiza excursões a grandes obras e a eventos nacionais e internacionais que são referências para o setor da construção civil no que diz respeito à inovação, soluções e produtos que norteiam os projetos de arquitetos, engenheiros e designers de interiores, além de reunirem profissionais de renome nacional e internacional em apresentações técnicas, palestras, painéis de debates e estudos de casos.

Os jovens profissionais foram beneficiados pelo CREA-SP com a criação de uma parceria entre a entidade e as universidades Univest e Unesp para a oferta de 1.500 vagas no curso de pós-graduação em Inovação e Engenharia. Como incentivo à capacitação, o presidente da AEA/SJCampos, o Eng. Civil Carlos Vilhena, ofereceu uma bolsa de 75% a todos os profissionais inscritos no Prêmio Jovem Talento de 2019 inscritos no curso.


Etapa 4 – Motivação aos Jovens

As tecnologias disponíveis para acessar aos jovens são cada vez mais funcionais e mais diversas. Conectados a tudo o que há de mais moderno eles muitas vezes estão mais engajados nos lançamentos e inovações do setor. Esse conhecimento e a utilização da tecnologia podem ser grandes aliados na aproximação dos jovens e na motivação dos mesmos. Abrir espaço para que façam sugestão de temas e eventos, assim como criar grupos (ex: WhatsApp) para que conversem entre si e troquem ideias sobre a profissão traz o jovem para perto do convívio profissional, da Associação e das ações desenvolvidas. Além do fato de que esses grupos podem se tornar canais diretos de divulgação. É importante que a entidade tome a frente da criação desses grupos e faça a devida mediação para que sejam sempre compartilhadas apenas informações pertinentes à área, assim como sejam mantidas as regras de respeito e cooperação mútua. Dentro desta etapa cada entidade pode criar novas formas de motivação aos Jovens que farão parte do programa.

Na AEA/SJCampos Além dos grupos de WhatsApp coordenados pela AEA/SJCampos e profissionais ligados à entidade, a Associação encontrou na disponibilização de certificações uma forma de estimular os estudantes a manterem-se ativos na entidade. Como ainda estão em processo de finalização do curso universitário, as certificações oferecidas pela AEA/SJCampos quando o estudante participa dos cursos e palestras de capacitação e aprimoramento podem ser utilizados para o cumprimento das horas de Atividades Complementares obrigatórias nas instituições de ensino superior. O Programa AEA/SJCampos Jovem conta atualmente com mais de 200 profissionais de arquitetura e mais de 400 de engenharia envolvidos nas atividades. Nos últimos anos o programa atendeu mais de 1600 profissionais recém-formados.


Etapa 5 – Desenvolvimento de programas paralelos

Com a consolidação do Programa Jovem e com o engajamento de novos profissionais é possível abrir um leque de atividades e programas paralelos, que terão atuação vinculada e farão parte da prospecção para novos participantes, além de trazerem benefícios diretos os participantes. Esses programas podem envolver times esportivos, clubes de leitura, grupo de estudos técnicos, eventos de reconhecimento profissional, grupos de lazer, entre muitos outros. A escolha do programa a ser desenvolvido dependerá do perfil dos profissionais participantes e atuantes do Programa Jovem.

Na AEA/SJCampos

Dentre os programas desenvolvidos pela AEA/SJCampos destacam-se o Prêmio Jovem Talento, o programa AEA/Mulher e o programa Atlética AEA.

PRÊMIO JOVEM TALENTO

A AEA/SJCampos criou em 2005 a “premiação AEA/SJCampos” com o objetivo de divulgar, dentro do meio técnico, profissionais que desenvolveram projetos e trabalhos de destaque na engenharia, arquitetura e urbanismo, junto à sociedade, de modo a reconhecer as propostas criativas e originais, que contribuam efetivamente para o desenvolvimento social, ambiental, econômico e cultural das cidades. A partir de 2011 a diretoria da AEA/SJCampos modificou a forma de premiação, criando assim o Prêmio Jovem Talento, que é destinado aos formandos dos cursos regulares de ArquiteturVa e Urbanismo e Engenharias, e tem como objetivo divulgar a criatividade do futuro Arquiteto Urbanista, Engenheiro e Agrônomo, valorizando e promovendo dentro do mercado o novo profissional. Os projetos inscritos são avaliados por uma banca de profissionais. Essa premiação é um momento de prestígio aos recém-formados e funciona como um ponta pé inicial para o ingresso ao mercado de trabalho. São premiados os três autores dos trabalhos com as maiores notas atribuídas pela banca e seus respectivos orientadores. Atualmente o primeiro lugar recebe o prêmio de R$3.000,00 para o autor do trabalho e R$1.000,00 para o orientador, o segundo lugar recebe o prêmio de R$1.500,00 para o autor e R$750,00 para o orientador, e o terceiro lugar é beneficiado com o prêmio de R$500,00 para o autor e R$500,00 para o orientador. Os vencedores também recebem troféus e certificados constando a classificação obtida, além de uma exposição na sede da AEA/SJCampos.

PROGRAMA AEA MULHER

Engª Poliana – Coordenadora do Programa AEA Mulher durante a abertura do OUTUBRO ROSA AEA/SJCampos

A Câmara AEA/SJCampos Mulher teve início em 2015, mas foi a partir de 2018 que ela ganhou força. Criada com o apoio institucional do CREA-SP, ela tem como foco central o reconhecimento das mulheres na atividade profissional e a equidade de gênero. O programa teve início com o mote do Outubro Rosa e a primeira reunião foi realizada para entender quem eram as mulheres vinculadas à AEA/SJCampos. As participantes entenderam que através da AEA/SJCampos Mulher seria possível criar um movimento que chamasse as mulheres a participar das atividades e as fortalecesse como empreendedoras, dentro do ambiente da engenharia e da arquitetura. As primeiras ações desenvolvidas perceberam que embora o número de mulheres presentes na engenharia fosse crescente, a participação da mulher ainda era muito inferior a dos homens, sem contar a diferença nos salários, o preconceito, entre outros desafios enfrentados. Os eventos promovidos buscam a equidade e são abertos aos homens também.

ATLETICA AEA

Em 2018, com o apoio institucional do CREA-SP e participação do AEA Jovem, a AEA/SJCampos iniciou o projeto Atlética AEA/SJCampos com times feminino e masculino de futebol society. A iniciativa tinha também como objetivo incentivar o esporte e a qualidade de vida, além de oferecer aos associados momentos de lazer e descontração com amigos e familiares. À frente do time feminino está a educadora física Vânia de Oliveira, que já jogou profissionalmente 11 anos por São José dos Campos, 7 anos por Taubaté e atualmente joga por Caçapava em alguns campeonatos. Os treinos femininos acontecem com o apoio do projeto de incentivo ao futebol feminino ‘Quero Jogar’, idealizado por Priscila Gregati Ferrari. Já os treinos do time masculino são dados pela educadora física Frediana Costa, ex-jogadora profissional de futsal e futebol de campo, defendendo mais de 10 equipes diferentes, entre elas São José e Santos. A esportista já foi destaque pelo título individual de Melhor Atleta e Atleta Revelação do Vale do Paraíba, Região Mantiqueira e Litoral no futsal. Estão à frente do Atlética AEA/SJCampos o diretor administrativo da AEA, o Eng. Civil Alessandro Ferreira Alves, a Eng. Civil Natalia Rios na organização do time feminino e a estudante de Eng. Civil Amanda Santos na organização do time masculino. Etapa 6 – Parcerias com o poder público e representatividade Buscar parcerias com o poder público, conselhos municipais, colegiados, dentre outros, beneficia diretamente os profissionais associados, garantindo engajamento e representatividade, e pode funcionar como um incentivo aos jovens que estão iniciando a atuação profissional. Conforme os programas são desenvolvidos os estudantes e recém-formados que participam do Programa Jovem adquirem conhecimento e bagagem para participar de estudos técnicos, assumir cargos diretivos e de conselheiros ou suplentes, além de atuar efetivamente em prol da comunidade e da sociedade. O intuito das ações que incentivam a representatividade profissional é estimular estudantes e recém-formados a conhecer, analisar e debater o futuro da cidade e da região, sempre em busca de um desenvolvimento econômico-social e do crescimento sustentável.

Na AEA/SJCampos Atualmente diversos cargos do Conselho Consultivo da AEA/SJCampos, Suplentes de Conselheiros, representações junto aos órgãos públicos, entre outros, são ocupados por profissionais que já fizeram parte do AEA/SJCampos Jovem. Como exemplo de ação temos a participação no debate sobre o Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos de São José dos Campos, que traçou as diretrizes para o tratamento e destinação dos resíduos gerados na cidade conforme os critérios da Política Nacional de Resíduos Sólidos nº 12305/2010. Os jovens também participaram ativamente de importantes debates promovidos pela diretoria da AEA/SJCampos sobre a Lei de Zoneamento de São José dos Campos, assim como de audiências públicas sobre Lei de Zoneamento e Plano Diretor.


Programa Plantas Populares

AEA Jovem na cerimônia de renovação do convênio de Plantas Populares com a Prefeitura Municipal de São José dos Campos

O Convênio de Assistência Técnica Gratuita – Programa Plantas Populares é uma parceria firmada entre a AEA/SJCampos e a Prefeitura Municipal de São José dos Campos há mais de 20 anos. Desde 2018 o programa é feito via termo de colaboração com a PMSJC através de licitação pública. Os jovens profissionais da AEA/SJCampos são responsáveis por elaborar plantas de até 70m² para famílias com renda de até seis salários mínimos e com no máximo um imóvel em território nacional. O programa contribui com o aprimoramento de engenheiros e arquitetos recém-formados no início da carreira, já que serão eles os responsáveis pelos projetos, sob a orientação de um profissional experiente. Atualmente o programa conta a participação de 5 profissionais e já beneficiou mais de 16 mil famílias. Ao longo do processo os participantes contam com o acompanhamento e fiscalização da obra, além da elaboração de projetos complementares (hidráulica, elétrica, estrutural, memorial descritivo e quantitativo) para os modelos de plantas populares.


Etapa 7 – Incentivo aos jovens fora da Associação

Além de cursos e eventos realizados dentro da Associação, é possível nesta etapa buscar dentro das universidades parceiras eventos que possam receber o auxílio da Associação. Esse apoio pode ser institucional, financeiro, de logística ou de prestação de serviços de comunicação, marketing e outros a serem disponibilizados pela entidade. Ao apoiar e patrocinar eventos que não estão diretamente ligados ao Programa Jovem a entidade fomenta outras áreas como a iniciação científica, a tecnologia e o conhecimento, além de também receber maior visibilidade.

Na AEA/SJCampos

A AEA/SJCampos patrocinará os alunos da Equipe ETEP Faculdades para participarem do SAE BRASIL Aerodesign, promovido no Instituto Tecnológico de Aeronáutica em 2022. O evento, reconhecido como a prova mais famosa de design aeronáutico, reúne milhares de estudantes de graduação ou pós-graduação em Engenharia, Física e Tecnologias relacionadas à mobilidade de todo o Brasil e outros países com o objetivo de promover oportunidade de aprendizado na área aeronáutica, despertar o interesse de estudantes na área, promover o intercâmbio técnico e de conhecimento entre as equipes, desenvolver o espírito de trabalho em equipe e a capacidade de liderança e planejamento, além de incentivar o comportamento ético e profissional. Com esta iniciativa a AEA/SJCampos aproxima-se de instituições de ensino superior da região, envolvendo estudantes e jovens profissionais em atividades de extensão relacionadas à Engenharia, Arquitetura e Agronomia, profissões vinculadas ao Sistema CONFEA/CREA.


TUTORIAS EM PROJETOS E LIDERANÇA ACOLHEDORA

Ao capacitar, aprimorar, dar visibilidade, conhecimento técnico, contatos, entre muitas outras consequências do Programa Jovem não podemos partir do princípio de que os estudantes e jovens recém-formados estão aptos a atuar profissionalmente com independência. Contar com o apoio e o incentivo de profissionais mais experientes faz toda a diferença na formação profissional dos jovens. Disponibilizar a sede da entidade, coordenadores e diretores para atender aos jovens, tirar suas dúvidas, colaborar com a formulação dos primeiros projetos, com as documentações necessárias para a regularização a provação de projetos frente aos órgãos públicos, assim como ter a frente do Programa um profissional que seja um bom ouvinte e bom conselheiro fará toda a diferença. Essa liderança também será responsável por capacitar novos profissionais que assumirão a frente dos programas paralelos, de novas ações e, futuramente, novos jovens que farão parte do Programa. Um dos grandes desafios vividos no momento que o Programa Jovem está consolidado é a capacitação de novas lideranças, delegar funções e definir critérios de seleção para essas novas lideranças. Parte-se do princípio que as pessoas colocadas à frente dos programas devem ser confiáveis, ligadas ao associativismo e não somente à promoção profissional.


Conheça os profissionais que participaram do AEA/SJCampos Jovem e ganharam destaque no cenário municipal e estadual


Conheça o CREA JOVEM

http://creajovem.creasp.org.br/cj/